O Sistema Nacional de Saúde na Inglaterra


24 de Abril de 2018
 
Queremos lhe ajudar a entender a diferença entre o sistema de saúde pública e privada na Inglaterra, como acessá-los  e o impacto que Brexit pode causar.

Saúde pública na Inglaterra é administrada pelo Serviço Nacional de Saúde (National Health Services - NHS). O NHS fornece todos os níveis de atendimento médico, desde clínicas comunitárias a cuidados hospitalares. A maioria dos serviços do NHS são gratuitos, salvo alguma exceções:

  • Prescrições
  • Optometria
  • Dentista

Em 2014, o Fundo da Commonwealth declarou que o NHS, na Inglaterra, é o sistema público de saúde mais impressionante quando comparado a outros 10 países europeus e norte-americanos.  Se você é um cidadão de um país da União Europeia, você poderá receber tratamento gratuito no NHS caso você for residente na Inglaterra com um visto válido ou permissão de trabalho.

Se você não é um cidadão europeu você apenas terá direito a acesso gratuito ao NHS quando possuir residência definitiva. Isto significa que você tem permissão para ficar na Inglaterra pelo tempo que quiser.

Se você está se mudando para a Grã-Bretanha por menos de seis meses você poderá ser cobrado por serviços do NHS, a menos que uma isenção se aplique a você. Se você está se mudando para Grã-Bretanha por mais de seis meses, mas não possui os requisitos para ser considerado um residente, neste caso você será cobrado uma sobretaxa de saúde para imigração de:

  • £150 por ano, por pessoa, para estudantes e cada um de seus dependentes.
  • £200 por ano, por pessoa, para todas outras pessoas.

Você terá que pagar esta taxa ao aplicar para o seu visto.  Uma vez que você tenha pago essa taxa você poderá ter acesso gratuito aos serviços do NHS.  Entretanto, ao pagar a sobretaxa não significa que você evitará listas de espera ou receberá tratamento mais rápido do que outras pessoas, isso somente lhe permite ter acesso ao NHS.  As suas necessidades serão avaliadas e, novamente, você poderá ser adicionado a uma lista de espera para tratamento em um hospital.

A primeira coisa que você precisa fazer para ter acesso a tratamento médico na Inglaterra, é registrar-se com um clínico geral (General Practitioner - GP). Você poderá escolher a clínica mais conveniente para as suas necessidades. O clínico geral pode recusar a atende-lo caso:

  • Ele não tenha capacidade para novos pacientes.
  • Você more fora da área de cobertura da clínica.

Entretanto, eles não podem recusar de registrá-lo devido a razões discriminatórias como raça, religião ou uma condição médica existente. O NHS cobre todas as visitas ao clínico geral e visitas de rotina.  Se necessário, o seu clínico geral irá lhe encaminhar para tratamento em um hospital.  Se sua condição não é urgente você poderá ser adicionado em uma lista de espera.

Saúde privada também está disponível na Inglaterra. Expatriados que possuem seguro internacional de saúde têm acesso à cobertura de saúde privada caso precisem de tratamento hospitalar. 

Como um paciente privado na Inglaterra você conta com as seguintes vantagens:

  • Evita listas de espera do NHS
  • Data prevista para a admissão no hospital
  • Tratamento com cirurgião especialista
  • Instalações de primeira classe
  • Tratamento em hospitais privados de sua escolha
  • Repatriação ao seu país de origem caso seja necessário

Por essas razões, é recomendável que você contrate um seguro internacional de saúde enquanto estiver trabalhando na Inglaterra.

Ainda não está claro o impacto que Brexit terá nos serviços de saúde para expatriados.  É possível que todos expatriados na Inglaterra sejam tratados da mesma maneira pelo NHS, sejam eles nativos de um país europeu ou não. Nos próximos meses e anos, teremos mais clareza e uma perspectiva melhor quanto às consequências do Brexit.
Se você quiser saber mais sobre seguro-saúde privado na Inglaterra, entre em contato conosco. Será um prazer ajudá-lo.